sábado, 6 de maio de 2017

BIVA - Há risco de fraude com empresas laranja?



Com a queda dos juros, cada vez mais nos chama a atenção a BIVA. Para quem ainda não conhece, a BIVA é uma empresa que iniciou há uns 2 anos no mercado financeiro, oferecendo investimentos com rendimentos muito acima do mercado (ex: 175% CDI), lastrados em empréstimos para pequenas empresas. O "mote" da BIVA é que ele ajudam aos pequenos-médios empresários a conseguir financiamentos a bons custos, e ao mesmo tempo ajudam os investidores a conseguir rendimentos acima de um CDB normal. Para quem não conhece a BIVA, vale a pena dar uma lida antes nesse outro post em que expliquei como funciona a BIVA.

Mas qual é a diferença da BIVA para um CDB ou RDB normal? Explico:

A BIVA capta empresas que estejam interessadas em empréstimos. Também capta investidores que estejam interessados em emprestar dinheiros para estas empresas. Fazendo a intermediação dessa operação, eles tiram o lucro deles. Nada mau, não é?  A diferença entre BIVA e um CDB é que nessa operação você não empresta seu dinheiro à financeira, mas sim diretamente ao empresário, que se der calote, é o investidor que arca com o prejuízo. 

Tenho acompanhado o desenrolar das operações da BIVA desde o início, quando ela trabalhava com um modelo diferente (em que a BIVA dava garantias de pagamento), até o desenvolver de um novo modelo, que funciona sem garantias, porém com pacotes de empresas - que eles chamam de portfolios - de forma a diminuir o risco. Assim, o investidor empresta seu dinheiro para um grupo de empresas, mitigando o risco específico, e recebe mensalmente parcelas de pagamento.

É impressionante o quanto a empresa cresceu, e tem conseguido operar de forma sólida. Atualmente na carteira de empréstimos - ou portfolios - deles há muitos milhões de reais...  que tudo indica estarem indo bem, com um cronograma de pagamentos regular. Todo esse crescimento, e taxas de rentabilidade que chegam a 200% do CDI começam a fazer a gente "crescer os olhos" pra eles, e começa a dar vontade de investir uns trocados com a BIVA...  Entretanto, nesse post quero alertar a aqueles que pretendem investir com a BIVA - eu mesma me incluindo aqui - para um risco potencial que o modelo de negócios deles traz: O uso de empresas laranja + calote "arranjado"
Antes de tudo, gostaria de dizer que não existe nenhum indício ou sequer alguma suspeita de que ocorra esse esquema fraudulento com a BIVA. Estou apenas apontando uma fragilidade no modelo de negócio, que potencialmente poderia levar a gestores ou funcionários desonestos da empresa a montar um esquema de fraude, aos moldes do que  frequentemente vemos aqui no Brasil, como ocorreu na Petrobrás, Odebrecht, e tantas outras empresas. Temos visto na mídia inúmeras formas de maquiar golpes e desvios de dinheiro, sempre se usando empresas de fachada: "consultoria", "palestras",  e até mesmo deixar sítios e triplex no nome de um "amigo" são algumas trutas famosas.

O uso de empresas "laranja" para maquiar negócios fraudulentos já é antigo aqui no Brasil, basta  uma pesquisa de  10 segundos no google e ficamos impressionados em ver o quanto isso é comum. Mas voltemos à BIVA. Como poderia ocorrer fraude na BIVA usando uma empresa laranja?

O esquema de fraude poderia ocorrer da seguinte forma: Em um portfólio de valor alto (ex: 2 milhões) e muitas empresas (umas 10), é incluída uma empresa de fachada. Esta empresa toma um empréstimo de valor alto, como por exemplo R$ 300 mil reais, dá um calote (previamente arranjado). O dinheiro vai para o bolso dos golpistas, e o investidor "paga a conta". Como o valor desviado seria baixo em relação ao total do portfolio, pouca gente iria dar falta. Veja que não precisaria de muito para que a fraude ocorresse. Bastava o envolvimento de alguns funcionários (ou dos próprios donos) da BIVA, e seria relativamente fácil montar o golpe.

A pergunta agora é.... como detectar ou evitar algo assim?

Existem diversos mecanismos de fiscalização que poderiam ajudar a evitar ou detectar a fraude, mas todos eles envolvem de uma forma ou de outra maior transparência nos contratos, bem como auditoria externa, tanto na fase de captação, como na fase de cobrança de eventuais calotes. Infelizmente, transparência é algo difícil de se ver na gestão de projetos financeiros. Recentemente tivemos um episódio de fundos imobiliários com elevadíssimas e crescentes taxas de "consultoria", e quando os cotistas solicitaram à administradora que apresentassem relatórios e cópias dos contratos, a resposta foi negativa, tendo os investidores que recorrerem à CVM, com resultado parcial.

Portanto, mais uma vez alerto: Muito cuidado ao ingressar em modalidades de investimentos que parecem "boas demais"...  pois o barato pode sair caro.

Quanto à BIVA... sigo acompanhando, e sinceramente tenho vontade de entrar em um portfolio deles no futuro - afinal de contas tudo que escrevi nesse post são meras elocubrações teóricas sobre riscos em potencial, e todos são inocentes até que se prove o contrário, não é?

E você? Já investiu ou tem vontade de investir com a BIVA? Deixe suas impressões nos comentários...



23 comentários:

  1. Gatinha vou ser objetivo... Dont get me wrong ok!

    Nunca tive interesse de investir no biva, minha impressao e: o risco nao vale a pena pelo retorno.

    Prefiro investir em acoes.

    E como voce disse fazer uma fraude ai da pra tirar um lucrinho ne!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... mas se for pensar, em termos de risco, acho que ações ainda é mais arriscado, será que não?

      Excluir
  2. Entrei no site mas nao consegui achar os portfólios, pode colocar o link?
    grato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uè.... depois que você faz o cadastro e faz o login, é já na primeira tela....

      Excluir
  3. Será que vale a pena mesmo? Estou pensando seriamente em diversificar um pouco do meu portfólio na BIVA, mas tenho certo receio.


    Montei um blog recentemente e, se quiser, dá uma passadinha lá e confere o conteúdo! Te adicionei no meu blogroll, se quiser me adicionar ao seu ficarei muito feliz! http://enriquecendo.club

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! Já está adicionado! =^.^=

      Excluir
  4. Socios daniel lissoni, artur malabarba e jorge vargas neto.. Todos com mandato ate 03/2020.
    Cnpj da biva 21.353.568/0001-66
    Localizacao: rua pitu 72, sala 85
    Ta parecendo uma especie de crowdfunding mas com retorno pra quem participa... (Retorno, obviamente, com alguma clausula de não garantia).
    o retorno é atrativo "demais", sem considerar que nao ha, pelo que pesquisei, classificação de rating por alguma agencia de classificacao. Alias, ainda que houvesse nada seria garantido, ate mesmo com classificação AAA. Vide o credito subprime.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho acompanhado o desempenho dos investimentos lá no forum Hardmob. A grande maioria está pagando direitinho, apesar de que muitas vezes ocorre atraso. Se não estou enganada, procuraram esse endereço no streetview e aparece só uma casa velha, sem nenhuma placa ou nada que indique ser um negócio comercial. Mas não tenho muita certeza ser era mesmo a Biva...

      Excluir
  5. Interessante seu post.

    Eu particularmente não conhecia esse modelo de investimento da Biva e descobri que tem a Nexoos também. Os retornos anunciados são bem interessantes, apesar do risco significativo. Mas como os valores permitidos pra investimento não são tão altos, talvez compense arriscar um pouco. Vou pesquisar melhor.

    Quanto à possibilidade de fraude, é algo inevitável, um risco inerente, cabe aos órgãos reguladores ficar de olho, principalmente pela possibilidade de lavagem de dinheiro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles chamam de P2P Lending... ou seja, a gente empresta a grana diretamente para os tomadores, e a empresa apenas faz a intermediação, através de comissão, sem assumir o risco de crédito....

      Excluir
  6. O momento atual tá ruim tanto prá investir em ações, quanto na renda fixa em quase todos os bancos médios, com essa pressão dos cabeçudos do governo temer pressionando BC a baixar a SELIC em 1% a cada reunião. Além disso, pode ter o efeito da volta da inflação. Esse filme já é velho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... espero que a turma do Temer nao se empolgue demais e faça como fez a "querida": Abaixar o juro demais, e causar volta da inflação...

      Excluir
  7. Olá,

    Pra investir num modelo desse com segurança realmente precisaria de muita transparência, auditoria externa e conhecer o passado dos controladores.

    Colocar todo o risco nas costas dos investidores não me parece muito confiante da parte da empresa.

    Pelo menos, eles poderiam ter uma grande reserva voltada a cobrir eventuais calotes.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei assustada depois que vi o "escândalo" da "consultoria" do ALMI.... foi o que me fez pensar que o mesmo poderia ocorrer na BIVA... Fala sério, né? A Bananândia é mesmo o país da falcatrua...

      Excluir
  8. gatinhainvestidora, excelente! Muito bom seu alerta, lembra-me a frase que não é minha: "O risco em investimentos é proporcional ao seu conhecimento". Aproveitando o momento, sobre FII's, em relação a taxas e corretagem, a Socopa é interessante? Um abraço, muito bom seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, pra mim a Socopa é a melhor corretora para FIIs... afinal de econtas, de graça, né? Até injeção na testa. Em segundo lugar acredito ser a Modalmais, com essa nova política de preços baixos na corretagem de FII (só 0,99) e custódia di grátis... =^.^=

      Excluir
    2. Obrigado pelo seu tempo gatinhainvestidora.

      Excluir
  9. Investi em 4 portfolios do biva! a empresa é séria, porem o investimento é furada. O que você recebe varia muito (teve uma atualização que vai melhorar isso) e sempre abaixo do esperado. SEMPRE a baixo do esperado. Estou torcendo pra ter meu capital de volta. Quando fizer um posto do biva atualizo os meus resultados

    ResponderExcluir
  10. Parece muito bom mesmo, mas tem que rolar o cuidado mencionado.

    ResponderExcluir
  11. Ola Michelle.
    Por tras da Biva existe uma instituicao financeira (antes era a sorocred, agora a socinal). Pra realizar um emprestimo, a IF tem que exigir os documentos e procedimentos listados na resolucao 3461 do bacen (depois de uma olhada) referentes a KYC (know your client). É uma série de medidas exatamente pra previnir emprestimos frios e/ou lavagem de dinheiro.
    O ponto que voce comentou é mitigado por essa segunda checagem da if.
    Td oq vc falou pode acontecer? Pode, mas penso que bem remotamente. A biva teria que estar em conluio com a if; ou falsificar diversos e diversos documentos para ludibriá-la.

    Abrcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce esta certo... só nao esqueça de que estamos no Brasil, né? O país onde o presidente do senado se junta com o presidente da Petrobrás pra cometer crimes?

      Excluir